Sustentabilidade

Desenvolvimento das comunidades

Todo lugar tem uma história para contar

Conheça o projeto que pretende resgatar a memória cultural de dois municípios atendidos pela AES Tietê

A+ A-

A memória é um dos alicerces da vida. Dos momentos mais marcantes aos acontecimentos cotidianos, tudo o que acontece em nossa existência fica armazenado nela. É a nossa história, uma soma de vivências e aprendizados que ajudam a conduzir nossos passos futuros.

Com os países, estados e cidades isso não é diferente. A história de cada região reflete diretamente no desenvolvimento local e no modo de vida de seus moradores.

Para contribuir com o resgate cultural de dois municípios que estão localizados no entorno das usinas da AES Tietê, nós, do Instituto AES, realizamos uma parceria com o Museu da Pessoa e com as Secretarias Municipais de Educação para desenvolver um projeto inovador para essas regiões.

Qual a proposta do projeto?
Vamos capacitar educadores da rede municipal de ensino fundamental para a construção de um projeto de resgate da memória local. Com uma metodologia desenvolvida pelo Instituto Museu da Pessoa, os professores trabalharão a micro-história dessas regiões com os alunos para que eles colham as informações históricas de suas cidades junto aos seus familiares, amigos, vizinhos e comerciantes locais.

Queremos que esse processo resulte em importantes aprendizagens para os alunos, que poderão reconhecer, no tempo e no mesmo espaço de convivência, semelhanças e diferenças sociais, econômicas e culturais no seu grupo de convívio escolar, familiar e da comunidade.

Mais do que isso, o projeto pretende estabelecer relações entre o presente e o passado, valorizando as ações coletivas que repercutem na melhoria da qualidade de vida das pessoas.

Capacitação dos educadores e próximos passos
Realizamos, nos dias 19 e 20 de abril, as primeiras capacitações com os professores, nas cidades de Buritama e Promissão, ambas no interior de São Paulo. Com duração de quatro horas, a formação envolveu 25 professores de cada município.

Serão realizados encontros mensais até novembro deste ano. Ao final do projeto, as histórias serão publicadas no site do Museu da Pessoa e haverá uma exposição com as produções artístico-culturais dos alunos, em espaços públicos das cidades participantes do projeto.

Este projeto integra o pilar Formação do Cidadão do Instituto AES, que foi criado em 2016 para impulsionar o desenvolvimento sustentável e a inovação social nos municípios de atuação das empresas da AES Brasil.

Notícias relacionadas

Desenvolvimento das comunidades

Apresentações artísticas agitaram a cidade de Borac...

Instituto AES e AES Tietê são apoiadores do projeto Artes Integradas

Desenvolvimento das comunidades

Oportunidade de financiamento para projetos soc...

Propostas de entidades serão avaliadas pela AES Tietê e pelo Instituto AES

Desenvolvimento das comunidades

Dê um novo destino ao seu Imposto de Renda

Projetos sociais podem ser beneficiados com a doação do imposto devido

Houve um problema no envio da mensagem.
Por favor, tente novamente.