Sustentabilidade

Inovação e tecnologia

Lenine se apresenta na segunda edição do Energizando

Projeto pioneiro, patrocinado pela AES Eletropaulo, gera energia por meio de bicicletas

A+ A-
  • (Crédito: Nicolas Manfredini)
  • (Crédito: Nicolas Manfredini)
  • Ricardo Kahn, gerente de Inovação da AES Brasil
  • (Crédito: Nicolas Manfredini)

O anfiteatro do Parque Villa-Lobos recebeu, no último domingo (27), a segunda edição do projeto Energizando, uma iniciativa do Pedal Sustentável que gera energia por meio de pedaladas. 

Lenine foi o destaque da programação. O cantor e compositor pernambucano é conhecido pelo seu engajamento em projetos ambientais que visam a reduzir o impacto de CO2 na atmosfera.

Mais de mil pessoas assistiram ao show que teve todos os equipamentos funcionando por meio das bicicletas que estavam instaladas no palco. Mais do que assistir, o público fez o show acontecer, já que, sem a energia gerada pelas bicicletas, a apresentação musical não seria possível. 

Crianças, jovens e adultos pedalaram nas 16 bicicletas instaladas no palco. Duas delas eram adaptadas para cadeirantes e outras quatro para crianças. Mais de 500 pessoas pedalaram nas bikes do projeto, por três minutos cada uma. A energia produzida nas 6 horas de atrações chegaram a 4,5 kWh, suficiente para manter uma TV 32" LED funcionando por 90 horas. Já a potência elétrica média ficou em torno de 750 Watts, com picos de 2.000 Watts.

Durante o evento, Ricardo Kahn, gerente de Inovação da AES Brasil, palestrou sobre a importância do consumo consciente e eficiente da energia elétrica, e sobre as novas soluções em energia limpa e sustentável.

Pedal, saúde e sustentabilidade

O Energizando é um projeto revolucionário na geração de energia. Um rolo de treino, usado para fixar a bicicleta, é acoplado a um dínamo (gerador elétrico) que gera corrente contínua e converte a energia mecânica em energia elétrica. Assim, as pedaladas são transformadas em eletricidade.

Segundo o engenheiro eletricista e fundador do Pedal Sustentável, José Carlos Armelin, o show de encerramento com Lenine veio em razão da identificação do artista com o objetivo do projeto, que é incentivar o uso de fontes limpas de energia. Armelin também reforça seu compromisso pessoal com o projeto. "Além de engenheiro, sou ciclista e sempre estudei as múltiplas possibilidades de gerar energia limpa como forma de contribuir com a sustentabilidade", afirma.

A escolha pela data e pelo local obedeceu aos mesmos princípios. No dia 27 de agosto comemora-se o Dia Mundial da Limpeza Urbana e o Parque Villa Lobos está em uma área que era ocupada por um lixão, até meados dos anos 1980.

A primeira edição do Energizando foi realizada no Parque do Ibirapuera, em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente. 

Notícias relacionadas

Inovação e tecnologia

AES Tietê inaugura seu novo Centro de Operações, em...

Tecnologia, inovação e mão de obra qualificada são os destaques do COGE

Inovação e tecnologia

Novas soluções energéticas para o novo consumidor d...

Energy Expo Fórum contou com a participação da AES Tietê

Inovação e tecnologia

A sustentabilidade como protagonista

Confira o vídeo da palestra de Luiz Rielli durante o evento Plataforma Liderança Sustentável

Houve um problema no envio da mensagem.
Por favor, tente novamente.