Sustentabilidade

Educação para a sustentabilidade

Escolas iluminadas e mais econômicas

Projeto AES Eletropaulo nas Escolas destaca as melhores iniciativas em eficiência energética

A+ A-
  • Biblioteca que receber as novas lâmpadas de LED
  • Alunos do Núcleo de Eficiência Energética
  • Alunos recebendo as bicicletas
  • Professores visitando as Cataratas do Iguaçu
  • Professores na Usina Binacional de Itaipu

As escolas que receberam o prêmio de eficiência energética nos anos de 2015 e 2016 iniciaram o ano letivo de 2017 mais iluminadas e econômicas, com a substituição das lâmpadas tradicionais por lâmpadas de LED.

Foram 12 escolas contempladas nas duas edições por apresentarem os melhores resultados nos desafios propostos pelo projeto AES Eletropaulo nas Escolas. A iniciativa trouxe benefícios importantes, como a redução ainda maior no consumo de energia elétrica e a melhor utilização dos ambientes.

“A troca de iluminação fez com que os alunos redescobrissem o espaço escolar. Depois da iluminação de LED, a escola ficou mais clara, mais bonita e nossa quadra passou a ser usada à noite – antes, era escura demais”, conta a coordenadora Vanessa Segarra, da EE Professora Maria de Carvalho Senne.

Tudo foi feito com muito cuidado. Antes de iniciar a troca das lâmpadas, a equipe de engenheiros da AES Eletropaulo realizou um diagnóstico minucioso em cada escola e, em seguida, profissionais capacitados fizeram a substituição da iluminação. Tudo isso foi acompanhado de perto pelos alunos integrantes do NAEE – Núcleo de Ação para Eficiência Energética. 

Nas oito escolas em que o prêmio já foi entregue, foram instaladas 4.456 lâmpadas de LED. Considerando as 4 escolas que ainda estão em fase de instalação, o total de materiais LED instalados chegará a 6.760. Em algumas escolas contempladas, a economia na conta de energia elétrica chegou a 30%, após as substituições.

Reconhecimento para todos

Estudantes e educadores que se destacaram no projeto também foram reconhecidos. Pelo engajamento de seus alunos, 1.940 professores receberam um carregador portátil para celular. Além disso, os 13 que se destacaram nos materiais desenvolvidos em sala de aula ganharam uma viagem com tudo pago para visitar as Cataratas do Iguaçu e a usina de Itaipu, em Foz do Iguaçu, no Paraná. 

Os 30 alunos responsáveis pelas melhores produções audiovisuais receberam uma bicicleta cada um. 

Novidade chegando por aí

Para 2017 e 2018, a expectativa é trabalharmos com 700 escolas públicas. Nosso objetivo é envolver 2.700 professores e 280 mil alunos nas duas edições.

E uma novidade: a partir deste ano, o projeto passa a ser anual, para que as escolas possam ter mais tempo para desenvolver seus projetos junto aos professores e alunos.

Desde 2009, o AES Eletropaulo nas Escolas é realizado com recursos do programa de Eficiência Energética da ANEEL. O projeto integra o pilar Formação do Cidadão, do Instituto AES. Em oito anos, já atingiu mais de 1,5 milhão de alunos e professores de 2.500 escolas públicas do estado de São Paulo. 

Notícias relacionadas

Educação para a sustentabilidade

Estudantes engajados fazem a diferença

Alunos do projeto AES Eletropaulo nas Escolas desenvolvem ações criativas sobre o consumo conscient...

Educação para a sustentabilidade

Energia que gera conhecimento

Confira as ações de formação do projeto AES Eletropaulo nas Escolas

Educação para a sustentabilidade

Escolas e professores se mobilizam por um objet...

Muita energia envolvida nas capacitações do projeto AES Eletropaulo nas Escolas

Houve um problema no envio da mensagem.
Por favor, tente novamente.